Registros de vendas gratuitos

Com a chegada de 2013, foi introduzida a obrigação de registrar vendas usando caixas registradoras. As disposições da lei aplicam-se aos empresários que prestam serviços e gerenciam a venda de mercadorias, sem incluir os agricultores. A maioria das entidades comerciais (como cabeleireiro, médico ou mecânico tem a obrigação de instalar e utilizar caixas registradoras no plano de registro de vendas.

Felizmente, essa obrigação não começa imediatamente para todo empresário que, por exemplo, não pode exceder o limite de vendas assumido pelo legislador para a situação de pessoas físicas, que na legislação atual foi fixada em 20.000 PLN. E é irrelevante para o assunto atual se o empresário está apenas começando um negócio ou se está deixando esse negócio há 10 anos. Depois de exceder o valor legal, o empresário, sob a ameaça de multas e sanções, é obrigado a registrar vendas usando a caixa registradora ou caixas registradoras.

Muitos empresários e empresários têm medo de comprar uma caixa registradora. Esse problema também é preocupante e, de acordo com a crença comum, leva em consideração a vigilância dos órgãos estatais na organização da empresa, da qual o orçamento do estado também depende. A situação é oposta, no entanto, porque a caixa registradora pode melhorar significativamente a qualidade e reduzir o número de empregos. Antes de comprar nossa primeira caixa registradora, vale a pena conhecer os novos modelos e seu valor (por exemplo, digitando no mecanismo de pesquisa "preços das caixas registradoras", porque, dependendo da empresa realizada, todo empreendedor estará procurando novas funções.

Antes de comprar uma caixa registradora, para desenvolvê-la na caixa registradora, no ano comercial central, os registros da venda de bens e serviços sobre a situação das entidades privadas devem ser mantidos com muita precisão. . Devemos ter em mente que projetos completamente diferentes são para faturar a situação de indivíduos particulares e completamente estrangeiros nos casos em que as vendas não são faturadas. O pensamento mais importante é que as transferências recebidas indicam claramente a que elas se relacionam, anexando a fatura ou o número do pedido, bem como a descrição exata do serviço ou produto feito.